Homepage Grupo Opway Opway Engenharia Projectos Recursos Humanos Mapa do site Contactos
Breve Historial
O Grupo OPWAY nasceu em Janeiro de 2008 na sequência da aquisição da SOPOL pela OPCA, dando início a um novo universo empresarial. A nova empresa assumiu a estratégia de consolidar o projecto de um grupo empresarial diversificado e internacionalizado, que procura a optimização da sua performance e retribuição do capital investido pelos accionistas.

Entre as obras mais emblemáticas desenvolvidas após a fusão das duas empresas, contam-se o Edifício Municipal do Seixal, Edifício Parque Palácio no Estoril, Fórum Barreiro, Edifícios no Aeroporto de Beja, Variante Norte de Loulé, infraestruturas do desenvolvimento Hidroelétrico do Ribeiradio - Ermida, Subconcessão do Pinhal Interior, Data Center Covilhã - PT e Policia Judiciária de Lisboa.

A OPCA, Obras Públicas e Cimento Armado, S.A. foi uma das mais prestigiadas empresas portuguesas a actuar no sector da engenharia, construção civil e obras públicas entre 1932 e 2008. A posição alcançada nasceu de uma permanente paixão pelo risco e pela inovação assumida pelos seus dirigentes e ilustrada pela assinatura de muitas das principais obras de arquitectura e engenharia nacionais, de que são referências emblemáticas o Cristo Rei, ampliação do Aeroporto do Funchal, o projecto e construção da linha metropolitana Alameda/Expo – Troço Alameda-Chelas, o Hospital da Universidade de Coimbra, a Urbanização do Parque Florestal de Monsanto e o Hospital Distrital de Matosinhos.

Por seu turno, a SOPOL – Sociedade Geral de Construções e Obras Públicas, S.A. foi fundada em 1959, tendo contribuído para a realização de obras e infra-estruturas marcantes para o progresso e desenvolvimento do país, e afirmando-se pela qualidade, tecnicismo e rigor da sua execução. Entre as obras mais importantes do seu portfolio, conta-se a Barragem do Carrapatelo, no Douro, a Barragem do Monte Novo, em Évora, a Conduta Adutora de Castelo de Bode a Vila Franca de Xira e o Viaduto de acesso Norte à ponte sobre o Rio Tejo (ponte 25 de Abril), em Lisboa.

Hoje, a OPWAY integra além da actividade de Engenharia e Construção, empresas de pré-fabricação e de reciclagem, propondo-se a apostar em áreas de maior valor acrescentado, como sejam as concessões rodoviárias ou outras, as obras de engenharia e a promoção imobiliária.

O posicionamento da empresa em consórcios concorrentes ao financiamento, construção e exploração de todos os grandes investimentos em construção previstos realizar até 2017, garante que a OPWAY permanecerá, no futuro, na primeira linha de todos os grandes investimentos estruturantes a concretizar em Portugal.